Life, Love and Laughter.
Um dia, perguntei para o psiquiatra: sou bipolar? Ele me disse: de bipolar você não tem nada. Você é sincera e tem sentimentos intensos. E me explicou a origem da palavra sincera, que vem do latim e significa “sem cera”. Antigamente, carpinteiros e escultores usavam cera para disfarçar os defeitinhos de esculturas e móveis de madeira. Então, eles lixavam, passavam verniz e tudo ficava aparentemente perfeito e em ordem. O aspecto das peças era magnífico. Com o passar do tempo, do frio, calor e uso, a cera ia se desmanchando e os defeitos iam ganhando vida. Sinceridade é “sem cera”, ou seja, sem máscaras, sem retoques, sem querer ser o que não é. Achei bonita a explicação dele. E triste. Dói ser “sem cera”.
Clarissa Corrêa  (via morbidavel)
Eu a deixo na cama. Visto as roupas, pego as chaves e fecho a porta atrás de mim. Eu me viro. Fico me virando para olhar para ela. Mesmo quando as paredes estão entre nós. Mesmo quando quilômetros estão entre nós. Continuo me virando. Continuo me virando na direção dela.
David Levithan - Todo Dia (via biblioteca-ambulante)
Acontece que sempre foi você. Foi você quando eu passei a ouvir as músicas da banda que te agradava. Foi você quando eu olhei para trás ao dizer o último adeus. Foi você quando fui dormir tarde da noite. Foi você quando nada parecia fazer sentido. E ainda é você. E ainda sou eu, juntamente com aqueles restos de nós que ficaram espalhados pelo chão.
500 Dias com Ela. (via s-i-m-p-l-i-f-i-c-a-r)
Minha dor é perceber
que apesar de termos feito
Tudo o que fizemos,
Nós ainda somos os mesmos.
Elis Regina  (via beocio)
kushandwizdom:

Quote Lounge